quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Acabei de ler: Maligna da Joanne Harris





Sinopse
Alice e Joe têm em comum a paixão pela arte - ela é pintora e ele é músico - e, em tempos, estiveram também unidos pelo amor que sentiam um pelo outro. As suas vidas seguiram diferentes rumos, mas o reencontro é inevitável. Joe tem agora uma nova namorada, Ginny, que provoca em Alice uma intensa perturbação. A beleza etérea e singular de Ginny repele-a, e o seu sinistro grupo de amigos atemoriza-a. 
Os hábitos estranhos da jovem deixam Alice suficientemente inquieta para levar a cabo uma investigação por conta própria. E o que descobre vai mudar tudo. Ginny tem em seu poder um velho diário que conta a trágica história de amor de Daniel Holmes e Rosemary Virginia Ashley, cujo poder de sedução não conhece limites. Só que Rosemary morreu há meio século… mas o seu magnetismo não está certamente extinto. 
À medida que as histórias se entrelaçam, passado e presente fundemse; Alice apercebe-se de que o seu ódio instintivo em relação à nova namorada de Joe pode não se dever apenas ao ciúme, já que algo em Ginny a arrasta irremediavelmente para um universo de insondável obsessão, vingança, sedução e sangue…
Este foi um dos livros que li nas férias. Há muito anos quando li o Chocolate fiquei a adorar esta escritora. Achei o livro excelente e passei a comprar livros dela. 
Sempre reparei que ela gosta de colocar um pouco de sobrenatural  nos seus livros e como antes amava o tema adorava os livros. Os anos passaram e já há muito que não lia nada dela. 
Até que vi este livro no Continente com desconto de 50% e resolvi trazer. Pela sinopse não percebemos bem o que se vai passar. Este foi um livro escrito já há uns anos pela autora resgatado agora. O que achei do livro é que a autora mantém o seu registo. Gostei da descrição das personagens, gostei do facto de a história se passar em dois tempos distintos e de andarmos a navegar pelos dois. Achei a escrita simples e de fácil leitura. O elemento paranormal está bem presente e há cenas que são bem descritas. 
Para quem gosta do género fantástico acho que vai gostar do livro. Para quem gosta de pisar mais o chão talvez não seja muito aconselhado, apenas porque fala de uma realidade que não existe. Mas quem sabe, uma vez que é leve se até essas pessoas não descobrem uma nova paixão!
Quem já leu este livro? Podem deixar aqui os vossos comentários.

Enviar um comentário